Administração Municipal rejeita proposta de reajuste do SIMTRI

No dia 08 de fevereiro, em Assembléia Extraordinária, os associados do SIMTRI presentes rejeitaram a proposta de reajuste do dissídio referente ao ano de 2024 proposto pela Prefeitura. A proposta da Administração Municipal atenderia apenas o índice do IPCA (4,62%) no básico, no vale-alimentação e no auxílio-transporte.
O sindicato tentou de várias formas negociar. Na primeira reunião com o prefeito, ele se propôs a rodar uma folha com os valores. Na segunda reunião, ele apresentou três simulações, e embora uma não tenha ultrapassado o índice da folha, disse que não teria como conceder reajuste maior que o índice de 4,62%, sendo que a proposta do SIMTRI era o mesmo índice de reajuste do salário minimo nacional (6,97%) + um valor de R$ 400,00 no básico.
O SIMTRI continuará a luta pela defesa de seus associados em novas Assembleias e negociações futuras.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

19 + nove =